Receitas Caseiras: Arroz de Natal e Ano Novo da Tia Elidia

Valdemar-Mana, tu nem sabe o quanto já te procurei pra onde tu estavas?

Barbara- Oras meu, estou de férias e aproveitei pra dar um passeio por Belém do Pará, matar a curiosidade sobre o açai, maniçoba, pato no tucupi de lá…

Valdemar- Nem me fale. E por falar em comida é isso mesmo que quero falar com você.

Barbara- Como assim? Não to ligada…

Valdemar- Queria fazer aquele arroz de natal da tua vó só que você sumiu e eu estava desesperado pra ver se dava pra fazer ele ainda no ano novo.

Barbara- Não tem muita simpatia quanto a isso, pode fazer hoje sim, só que você só tem poucas horas pra comer ele este ano.

Valdemar- Pois é, e eu não sei!? Estou esperando desde o natal. Me passa logo a receita que eu vou no mercado comprar as coisas.

Barbara- E você vai passar a virada com quem, Val?

Valdemar– Em casa sozinho… Isto se você não aceitar o convite de comer um arroz com farofa comigo.

Barbara- Ô, vamos sim..Anota aí, nem dá trampo pra fazer, posso até te ajudar e é mó rapido. Os ingredientes são 2 xícaras de arroz, 250 gramas de castanha de caju triturada, 100 gramas de queijo ralado, 1 maço de salsinha (ou cheiro verde sem miudo), 200 gramas de cogumelos cortados ao meio, 1 lata de creme de leite com soro e 2 cebolas grandes.

Cozinhe o arroz separadamente e deixe ele descançando.Daí primeiro misture o queijo com a salsa e a castanha e deixe descançando. Depois corte a cebola bem picada e frite, refogando bem com os cogumelos e um pouco de água do mesmo. Desligue o fogo e junte com o creme de leite com soro.

Na tigela em que você vai servir o prato coloque o arroz e arrume de forma a ele ficar todo disposto pelo recipiente. Aí você coloca as misturas por cima: primeiro a sólida (da salsa, queijo e castanha) e depois a líquida (creme de leite com cogumelos e cebola).

Valdemar- Mas só tem um problema eu não posso comer creme de leite. Tou de regime… E champignon nem pensar.

Barbara- Nem tem problema. A gente dá uma estilizada e a gente aproveita e compra umas coisas a mais pra gente comer.

Valdemar- Nem estou acreditando que vou comer hoje o arroz da Tia Elidia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: