UM CURSO DESEJANTE PARA VAN GOGH

Saint-Rémy-de-Provence, 25 de junho de 1889
Colheita de uvas em Provence (1890) ,MONTENARD

Vendage de raisin en Provence Sidney, Art Gallery of NSW
Van Gogh comenta de suas produções de pintura e liga com entendimentos de natureza:

“Para pintar a natureza aqui, como em qualquer lugar, é preciso estar nela por muito tempo. Dsta forma um Montenard não me dá o tom verdadeiro e íntimo, pois a luz é misteriosa e Monticelli e Delacroix sentiam isto.”

Frédéric Montenard foi um pintor francês que além da tinta à óleo trabalhou também com aquarela e pastel. Seus trabalhos enfocam bastante temas da natureza, sendo um especialista em paisagens marinhas. Além disso há também algumas pinturas de gênero, onde pinta cenas de pessoas simples em suas atividades cotidianas.

Nascido em Paris no dia 17 de maio de 1849, Frédéric provêm de uma família provençal muito antigo, filho de Caroline Rodier e Casimir Montenard. Começou seus estudos artísticos em Paris na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts onde foi estudante de Pierre Puvis de Chavannes  com quem se interessou por paisagens marinhas.Em 1972 ele começa a expor no Salão de Paris, onde será presença constante. Logo ele passa a viver na região de Provence e pinta as paisagens, os portos e marinas das redondezas. Sua naturalidade com o mar lhe rederam durante a vida diversos trabalhos e entre eles ilustração de livros como “La  Marine  Francaise” (A Marina Francesa) de  Maurice  Loir, tenete de embarcação, e “Mireille” de Frédéric Mistral.Em 1889 ele recebe a medalha de ouro na Exposição Universal e no ano seguinte,  junto com seu mestre Puvis de Chavannes  foi um dos criadores da Sociedade Nacional de Belas-Artes. Daí em diante ele parte para viagens marítimas para a região da Mancha e Provença.

Pouco antes de 1914 ele tenta fazer pinturas religiosas, fazento parte da Sociedade de S. Jean que reunia pinturas religiosas.Em 1921 foi sendo nomeado pintor oficial de paisagens marinhas da Marinha Francesa.

Ele morreu em Besse-sur-Issole em 11 de fevereiro de 1926. Além de pinturas de quadros ele também trabalhou em painéis decorativos para salas públicas como a estação de trem de Lion em Paris.  Honrado por seus pares e vários críticos pelo seu trabalho incessante, ele foi recompensado pela luminosidade, a perfeia exatidão de suas telas. Montenard conheceu o artista italo-brasileiro Giovanni Battista Felice Castagneto quando este esteve na França e o aconselhou estudar com o marinhista François Nardi, com quem Battista passa a residir por um tempo.

 

 

 

______________________________________________________________

Às sextas e terças, esta coluna traz obras digitalizadas de outros pintores que influenciaram o pintor monoauricular Van Gogh e obras suas, mas tão somente as que forem citadas nas Cartas a Théo, acompanhadas da data da carta que cita a obra, bem como as citações sobre ela e uma pequena biografia de seu autor. Para outros olhares neste curso, clique aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: