Iphan no Maranhão inicia obra para instalar a Casa do Tambor de Crioula

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Naciona (Iphan), instituição vinculada ao Ministério da Cultura, vai investir R$ 1,8 milhão no projeto de implantação da Casa do Tambor de Crioula, em São Luís.  O lançamento da pedra fundamental será nesta sexta-feira, 27, na Rua da Estrela, esquina com a Rua João Vital de Matos, onde se localiza o sobrado que será totalmente restaurado e reabilitado para se tornar Centro de Referência do Tambor de Crioula do Maranhão.

A restauração do imóvel, destruído por um incêndio nos anos 1970, coincidirá com o início das ações de salvaguarda do Tambor de Crioula, a serem desenvolvidas pela Secretaria de Estado da Cultura, com recursos do Iphan.

O evento que marca o início do projeto em São Luís conta com o apoio do Conselho Cultural do Tambor de Crioula do Maranhão e da Associação Cultural de Tambor de Crioula do estado maranhense.

Vários espaços

O projeto executivo da obra prevê a criação de espaços para eventos com dependências multiuso, destinados a exposição permanente, apresentações/vivência, galeria informativa e auditório com minicinema. Também haverá espaços para atividades de ensino e formação, como oficinas de saberes tradicionais, além de área de apoio com estúdio de gravação de CD’s, loja de produtos associados ao Tambor de Crioula e outros espaços de serviço e apoio à administração da Casa.

Está previsto, ainda, o funcionamento de uma biblioteca, com acervo composto de livros, revistas, jornais, mapas, CD’s, DVD’s e blu-rays, com temática relacionada à cultura popular e, especificamente, ao Tambor de Crioula, além de um banco de dados. Para isso, a Casa será montada com equipamentos de informática, de gravação de CD, aparelhos de televisão e de DVD, telão e data show, dentre outros.

Ações de Salvaguarda

O Iphan e a Secretaria do Estado de Cultura do Maranhão firmaram acordo para viabilizar, neste ano, o investimento de R$ 625 mil em ações de salvaguarda do tambor de crioula, reconhecido, em 2007, como patrimônio cultural do Brasil, sendo o primeiro do Maranhão. O anúncio da assinatura de convênio será feito durante a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da obra da Casa do Tambor de Crioula.

Do valor investido, R$ 500 mil serão repassados pelo Iphan. Está prevista a realização de duas oficinas de Tambor de Crioula Mirim e três de Cantoria e Percussão; um Minicurso de Cultura Negra no Maranhão; um seminário, um festival e encontros mensais de grupos de Tambor de Crioula; um concurso de mestres do Tambor de Crioula; gravação de três CD’s com toadas; produção de dois DVD’s sobre o Tambor de Crioula; e compra de equipamentos para a Casa .

(Texto: Marcos Agostinho, Ascom/Ministério da Cultura)

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: