UM CURSO DESEJANTE PARA VAN GOGH

Londres , 11 de outubro de 1875

GRANDES NOMES DA LITERATURA

ERCKMANN-CHATRIAN

Fotografia de Émile Erckman e Alexandre Chatrian, publicada por Grasset et Gillot Galeria contemporânea, literária e artística, cerca 1875.

Van Gogh dá conselhos para seu irmão Theo sobre alguns escritores e para que ele possa entrar em contato ou não com a obra deles:

Você seguiu meu conselho, separou-se dos livros de Michelet, Renan, etc? Acho que isto o deixará mais tranquilo. A página de Michelet sobre o Retrato de Senhora, de Philippe de Champaigne, no entanto, é preciso não esquecê-la, e não se esqueça também de Renan. Contudo, afaste-o.. Você conhece Erckmann- Chartian: O Recruta, Waterloo e sobretudo O amigo Fritz e também A Senhora Tereza? Leia-os se puder. Mudar de alimento estimula o apetite“.

ERCKMANN-CHATRIAN, é um nome juntado de dois escritoires de contos, peças de teatro e romances franceses cuja colaboração fizeram em seus trabalhos a expressão de uma única personalidade.  Politicamente eles eram republicanos e nacionalistas. Eles são marcados por um genuine espírito democratic, e pelo real patriotism, que desenvolveram após 1870 em ódio dos alemães. Os autores atacavam o militarismo mostrando os horrores da guerra  nos termos mais simples.  Seus trabalhos tiveram um bom reconhecimento enquanto eles estavam vivos, sendo louvados por Victor Hugo e Émile Zola.

Émile Erckmann nasceu no  20 de maio de 1822 em Phalsbourg, estudando direito como formação e Louis Gratien Charles Alexandre Chatrian , filho de um vidreiro falido, no dia 18 de dezembro de 1826 Soldatenthal, Lorraine. Em 1847, eles começaram a escrever juntos quando eles passaram um verão juntos em Vosgues. Em 1852 Erckmann consegue um emprego na Companhia de caminhos de Ferro do Leste, e convence o amigo a mudar para Paris (trabalho do qual se aposentadoria  em 1884). Em 1871 Chartian se casa com Adélaïde Riberon.

A partir de 1885 Chartian começa a ter sua saude mental deteriorada, e em 1887 a amizade dos dois terminam.  Chartrian que morreu no dia 3 de setembro de 1890 em Villemomble. Erckmann ainda continua escrevendo algumas obras e lutando contra a loucura. Em 1888 é diagnosticado diabético e no  14 de março de 1899 faleceu em Luneville.

A lista de suas publicações é bastante longa indo de Histórias e contos fantásticos (1849), Madame Terese (1863), O amigo Fritz (1864), História de um camponês  (4 vols., 1868-1870), A história d plebiscito (1872), A taverna dos Trabans (1881). Sem nenhuma afirmação especial literária, suas histórias são distintas pela simplicidade e poder descritivo genuino, particularmente nas cenas de batalha em conexão com a vida camponesa da região de Alsacia.

Segundo Émile Zola escreveu em Meus Ódios: “O mundo de Erckmann-Chatrian é um mundo simples e ingênuo, real até na meticulosidade, falso até no otimismo. O que caracteriza, é sempre uma grande veracidade nos detalhes puramente fisicos e materiais, e uma mentira eterna nas pinturas da alma, sistematicamente adocicadas.”

Para Alphonse de Lamartine em seu Curso familiar de literatura de 1856 “ Um fenômeno, quero dizer um novo gênero de beleza na literatura, inventado como por um acidente, um tido de nascido, não responde a ninguém daqueles que os conceberam até aqui, não tendo sido nem preditos, nem anunciados, nem louvados de início, mas são nascidos de si mesmo, como um instinto inreflexivo, e conquistam a atenção como que pela força da natureza,  vindo se produzir inesperadamente entre nos. E qual é o autor ou quais são os autores deste fenômeno? Pois eles são dois, o que significam que eles são anônimos. Estes dois jovens, digo agora, se chamam um Erckmann, o outro Chatrian. Você perguntará a qual dos dois homens devemos a surpresa, a direção, a glória. Esperando, nos seguramos a coroa suspensa sobre dois tronos,  saido da coroação a sombra pra a realidade, ou o eco para a voz. Que eles se ajeitem; as grandes obras da humanidade são anônimas, um romance pode bem ser. Você gostaria depois de tanta adulação, colocar uma gota de verdade popular na memória de suas crianças? Não procure em nenhuma de suas histórias, mais no romance verdadeiro de Erckmann e Chatrian”.


______________________________________________________________

Às sextas e terças, esta coluna traz obras digitalizadas de outros pintores que influenciaram o pintor monoauricular Van Gogh e obras suas, mas tão somente as que forem citadas nas Cartas a Théo, acompanhadas da data da carta que cita a obra, bem como as citações sobre ela e uma pequena biografia de seu autor. Para outros olhares neste curso, clique aqui.

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: