PALAVRAS DE AMOR INTEMPESTIVO*

No dia que eu nasci

O Chico fez 70 anos

Meus pais não sabiam quem era Chico

Chico, só o Papa

Quando eu fiz 10 anos

O Chico fez 80 anos                        

Então, um tio me deu um violão

Eu gostava da menina

Que morava na esquina

Ela gostava de artista

Aí, eu comecei a aprender a tocar violão

Mas não sabia nenhuma música

Uma manhã

Eu estava, com o violão,

Sentado no batente de casa

E a menina passou

Cantando uma música

E me olhou:

“Estava à toa na vida

O meu amor me chamou

Pra ver a banda passar

Cantando coisas de amor”

Claro, só depois descobri

Que a música era do Chico

Quando eu fiz 15 anos

O Chico fez 85 anos

Nessa idade

Eu já cantava musicas suas

Que havia descoberto

E amenina que me apresentou Chico

Nunca mais eu a vi

Mas, eu sei,

Que nada do “que era doce acabou”

Assim, como nada “tomou seu lugar”

“Depois que a banda passou”.

 *Chico, no dia 19 desse mês, completou 70 anos cronológicos, mas que não o prendeu e não expressa seu devir-estético. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: