PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA ESPECIAL NA COMEMORAÇÃO DOS 105 ANOS DO THEATRO MUNICIPAL DO RIO

img

Serão doze horas ininterruptas de programação artística especial na comemoração dos 105 anos do Theatro Municipal do Rio. Uma data que não só reflete a história estética artística desse tempo de sensibilidade e inteligência, mas também a sua estética política.

O Theatro Municipal foi durante os primeiro anos da ditadura civil-militar que oprimiu a sociedade brasileira entre os anos de 1964 e 1985, território de protestos de atores, atrizes, diretores, cenógrafos, iluminadores, sonoplastas, músicos, escritores, poetas, etc., que não queriam ver a arte oprimida pela violência. Em sua parte frontal, artistas como Paulo Autran, Walmor Chagas, Sérgio Cardoso, Tônia Carreiro se  reuniram para produzir discursos contra a censura que naquele momento se instalava no Brasil. Muitos desses artistas foram presos para interrogatórios. Alguns até para denunciar onde se encontrava o grego Sófocles que viveu V séculos antes de Cristo. Tal era o conhecimento dos censores.foto03

É nesse templo estético que ocorrerá no dia14 de julho a programação especial artística que contará com a apresentação do Coral Infantil da UFRJ, que nas escadarias do teatro, receberá os visitantes interpretando peças compostas por compositores como Mary Linn, Lightfoot, Donald Moore, Jayme Ovalle e Edmundo Villani-Côrtes. A Orquestra Infanto-Juvenil das Comunidades Pacificadas que tocará composições de Mozart Beethoven e Villas-Lobos com a regência do maestro, Juliano Dutra.

Também haverá a apresentação da Escola de Danças, Artes e Técnicas do Theatro Municipal Maria Olenewa que mostrará danças históricas e interpretações do Quebra Nozes. Depois de espetaculares apresentações, a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal executará o espetáculo La Bayadère dividido em dois atos e cinco cenas como parte final da programação.

“Essa festa democratiza a cultura e o trabalho realizado aqui no Theatro Municipal. É importante para lembrar que o teatro é a casa de todos, todos são muito bem-vindos. Estou aqui desde 2008 e a reação do público é sempre positiva”, comentou o maestro titular da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal e diretor artístico interino, Sílvio Viegas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: