PASSEIO KINEMA-HISTÓRICO

capa 001

“Um grande filme? Evangelho de amanhã. Ponte de sonho de uma época para outra; arte de alquimista, grande obra para os olhos. O tempo da imagem chegou”

Abel Gance

 Amigos esquizofílicos, iniciamos hoje, dia 17, mais uma coluna que pode encadear potências de passeios esquizos. Uma vez na semana reproduziremos algumas imagens dos primeiro filmes, alguns cinemas, realizados no nascedouro dessa arte, passando por alguns dos meados do século XX, até onde alguns cinegrafistas-vanguardistas puderam se expressar. Passearemos pelos chamados, dramas, comédias, sátiras e outros estilos necessários como acompanhantes kinemaesquizóficos.capa 002 capa 003 capa 004

Entretanto, é sempre bom uma olhada nos primeiros elementos que agenciaram a estética-maquínica do kinema. Olha a Lanterna Mágica de Kircher com sua potência liberadora de outras intensividades científicas. Os irmãos Pathé com sua máquina de filma de 1905. O sistema cronofotográfico de Eduard Muybridge que captou os movimentos diferentes do andar do cavalo. O primeiro visor de 1915. O Vitascope de Edison que corresponde ao primitivo projetor de cinema. O cinematógrafo de Luis Lumiére patenteado em 13 de fevereiro de 1895.

capa 006 capa 005

No próximo passeio tem mais fotogramas-imagens-visuais e você já pode começar a elaborar com essas imagens o seu kinema-virtual-imagético. Ou, para os que acreditam na percepção direta tridimensional, a Arquelogia Imagens Kinemasófica.  

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: