A PARTIR DE SUA EXPERIÊNCIA DE FILHO ADOTIVO DE CASAL HOMOAFETIVO, JOVEM LANÇA O LIVRO JAMILY, A HOLANDESA NEGRA

Alysson Miguel Harrad Reis tem 13 anos. Aos 11 anos ele foi adotado pelo casal homoafetivo, Toni Reis e David Harras. Baseado em sua própria experiência de jovem adotado por casal homoafetivo ele escreveu o livro Jamily, a Holandesa Negra, publicado pela Editora Appris, que conta a história de uma jovem adotada por um casal homossexual da Holanda que trabalha como voluntário das Nações Unidas na África.

Jamily, como personagem central do livro, é responsável pela exibição de temas como passagem por abrigos, abandono da pátria, bullying, violência doméstica e outros temas relacionados com a exclusão.

O princípio que apoia o livro é a mostra do que vem ser uma adoção que corresponde não só ter um lar, mas construir autoestima, solidariedade, participação e segurança como indivíduo singular e coletivo. 

“Meu conceito de família é quem cria, dá educação, carinho, limites e incentiva a responsabilidade e autonomia”, observou o escritor, Alysson Miguel.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: