16ª EDIÇÃO DO FESTIVAL DO RIO

Começa amanhã, dia 24, a 16ª Edição do Festival do Rio 2014. Um evento que conta com a duração de 15 dias e que faz do Rio a capital oficial do cinema, segundo alguns críticos. O festival contará com as presenças de obras cinematográficas de realizadores de todo o mundo, como é de sua característica. São filmes de géneros e temáticas diferentes que fazem ser o festival um dos mais agitados do universo cinematográfico.

São 350 filmes que serão projetados em vinte salas exibidoras entre eles 70 brasileiros. Durante a realização do festival haverá produção paralela com oficinas, debates, discussões com diretores, workshops no Cine Encontro e do Rio Market. São eventos com força de atração maior em jovens diretores ou estudantes de cinema que pretendem melhorar seus conhecimentos.

O Sal da Terra, o mais recente documentário de Win Wenders, que trata da expedição do brasileiro Sebastião Salgado, e que conta com a participação do brasileiro Juliano Ribeiro Salgado, será quem abrirá o festival. O documentário foi premiado na Mostra Um Certo Olhar, do Prêmio Especial de Cannes. Também marcarão presenças os diretores David Cronenberg, os ingleses Mike Leigh e Ken Loach. O filme de Leigh, Mr. Turner, narra a vida do pintor expressionista Willian Turner, e Loach apresenta Jimmy’s Hall com locação na Irlanda da década de 20. Um filme que apresenta os significados poéticos e políticos do cinegrafista.

A Mostra Fronteiras do festival traz obras de autores que possivelmente não serão exibidas no circuito comercial em razão da temática que tratam. São filmes que narram o que ocorre no planeta como as mudanças politicas em alguns países e as lutas dos povos pela liberdade como mostra o filme A Primeira Baixa referente à desconstrução da Líbia. E como mostra, também, Água Prateada, Um Autoretrato que narra o desmonte da Síria.

O festival tem um ponto de elevação na Mostra que apresenta uma ímpar homenagem ao cinegrafista do cinema clássico italiano: Roberto Rossellini. Serão apresentado documentário do cinegrafista italiano considerado um dos melhores. Cinemas como Roma, Cidade Aberta, Stromboli e Viagem à Itália com as magníficas e talentosas interpretações de Ingrid Bergman e George Sanders.

O festival é patrocinado pelo BNDES, Petrobrás, Secretaria de Cultura do Rio e Riofilm.

É para marcar presença, manos!

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: