VIVA O VINIL! BENDEGO

P1000498

Outra joia raríssima! Relíquia criada na década de 70! Bendego! O Bendego de Gereba e Capenga. Uma estética musical que não se perdeu no tempo pulsado, tempo cronológico, tempo do patrão tarado do mais valor extirpado da força de trabalho do trabalhador. Bendego do tempo aion. Tempo da criação que escapa do tempo pulsado.P1000506 P1000509 P1000511

Uma joia raríssima que prescindiu de apresentação em sua capa. Gravada em agosto e setembro de 1978, a bolacha crioula foi concebida no estúdio CBS com o selo Epic. Como não tem apresentação resolvemos deixar a apresentação pelo próprio grupo através de três letras. Seguraí, Paciência Tereza e Nem Freud Pode.P1000507

              Seguraí

“Diz à moça que partiu

Que o frio era crué

Que o medo era maior

Que na barca de Noé”.

Paciência Tereza

“Puxa caminhão pelos cabelos

Puxa caminhão de degredo

Tem paciência Tereza

Que esse mundo é um engano”.

Nem Freud Pode

“Você frequenta Freud todo dia

E cada dia o seu Ford lhe dá menos prazer

Vai trocar de carro, vai trocar de cara,

Vai trocar de casa, vai trocar de caso

O que você não pode é trocar de você

Está pregado né?

É esta tal coisa colada entre você e o mundo

Que você não sabe o que é

E nem a acupuntura vai curar a sua dor

Nenhuma gostosura vai lhe dar algum sabor

Se pula para Jung vai querer logo rezar

Mas não há a grande mãe

Que queira lhe embalar

Nesta festa meu bem só lhe resta

Bater com a cabeça na testa”.

Essa relíquia traz em si, o fino do instrumental e da voz. Paulo Moura. Lembra? Pois é esse mesmo. Marlui Miranda. Tá lembrado? Experiência musical com índios do Planalto Central, “onde se divide o bem e o mal (Pessoal do Ceará). Passoca. O cara do cancioneiro regional das Minas. Rogério Duprat. O talentosíssimo maestro. Além de Zeca Barreto (nada de Zeca Baleiro), Vermelho e Dinho. E para se alegrar mais, vejam a foto de Osvaldinho da sanfona. Um garotão, como todos. Os garotões do universo musical que é um devir contínuo infinitamente. Muita criação apesar da ditadura.P1000502 P1000503 P1000505

LADO – A

Ficou Bêbado/Piriquitamba/Pé de Vento/Dança do Punhal/Celacanto e Lerfa-Mu/Pajarito.

LADO – B

Bom Dia Violão/

Seguraí/Nem Freud Pode/Recuo Tático (General Inverno)/Paciência Tereza/Danças Do Ni.P1000514 P1000515

P1000513Músicos de base:

Capenga – Bandolim e Baixo.

Gereba – Violão.

Vermelho – Piano.

Bateria – Dinho.

Percussão – Silvano.

Sanfona – Osvaldinho.

Participação como compositor em algumas musicas – Patinhas.

Direção de Produção e Produção Musical – Carlos Alberto Sion.

Fotos – Frederico Mendes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: