VIVA O VINIL! “ESTURRO DA ONÇA”, DE HÉLIO CONTREIRAS

P1000577

Olha aí, vinilesquizofílicos! O néctar! A fina flor! A joia pura! A relíquia! O encontro dos talentosíssimos compositores e cantores do sertão baiano. Hélio Contreiras, Elomar, Xangai e Val Macambira. É mole? Um verdadeiro Esturro da Onça que não deixa ninguém sem se arrepiar.

Uma bolacha-crioula independentíssima, gravada na primavera de1989, no Estúdio Invenções conseguiu agregar as verdadeiras lendas vivas do trovadorismo nordestino. O talento que Fernando Henrique e as aberrações odeiam. A poesia como devir terra espalhando fluxos para sensibilidades e intelecções outras.P1000579

Hélio Contreiras, Elomar, Xangai e Val Macambira fazem parte daquela plêiade de poetas e cantadores que quando se encontram não há como não intensificar as composições incorpóreas do existir musical. Apolo e Dionísio se rejubilam perpassando por entre eles suas liras e sátiros. É o humano no templo dos deuses. Com se bastasse os quatro cantadores e poetas, chega a eles o apolíneo Capinam, na composição O Pulo do Gato. Não é possível não perguntar: É mole, vinilesquizofílicos? É esquizofia infinitude.

Mas, como diz Belchior, “deixemos de coisa, cuidemos da vida”. Vamos fluir na apresentação criada por Augusto Jatobá que também realizou a coordenação artística e a capa e encarte.

“Creio que no gigantesco país em que vivemos há mais ou menos quinhetos anos, deve haver centenas de milhares de poetas, cantadores, músicos, escritores, entre outros artistas, que ao longo dessa “Rua da Passagem” esburacada e cheia de curvas não conseguiram chegar ao fim da maratona. Essa maratona que em qualquer lugar do mundo define as tradições culturais de um povo. Pena que por muitas vezes fora atrofiada e ferida pelos sistemas de governos opressores, pelos meios de comunicação, pelos órgãos culturais, pela casquinhagem das classes dominantes e pela ganância dos fabricantes de “cultura”.P1000578

O Poeta/músico/cantador Hélio Contreiras, é um desses maratonistas que desde a década de 60 vem se arrastando na pista. Muitas vezes com fome e sede, de informação, de diálogo e até mantimentos essenciais a criação e seus neurônios. O Hélio é nordestino, nascido na zona da seca do interior da Bahia, no final da década de 30. Pós-Lampião, pós-seca do século.

Entre o Estado Novo e a Nova República, Hélio veio guardando sua bagagem poética-musical dentro dos alforges da sua infalível memória, traçando assim sua própria história.P1000581

As faculdades de direito, economia e jornalismo que cursou na Bahia e no estrangeiro, 10 anos que viveu na Alemanha, França, Portugal entre outros países da Europa, serviram de adjutório para sua obra se manter fiel à sua origem.

Ouvi a música de Hélio Contreiras pela primeira vez, lá no Bar Varandá, em Salvador, no verão de 1970, dez anos depois, eu Xangai e Hélio, já no Rio de Janeiro, nos juntávamos para fazer o primeiro disco do “Estúdio de Invenções”, o LP “Qué Qui Tu Tem Canário”, de Xangai. Hoje, dez anos depois, nós três nos reunimos de novo para fazer o primeiro disco do Hélio, o “Esturro da Onça”, um disco que sintetiza sua obra, dando uma visão (audição) da fertilidade de temas e melodias que compõem suas belas canções.

A “Velha Rua da Passagem onde a vida olha a vida despreocupada”, nos trouxe mais um trabalho da música popular brasileira autêntica. Para preencher o vazio dos ouvidos carentes de boa música, ecoa o “Esturro da Onça”, para despertar aqueles adormecidos ou dopados pelo produto descartável, muito em moda nas rádios e radiolas brasileiras”.

Augusto Jatobá/Verão de 1990.P1000580

LADO – A

Rua da Passagem/O Meninos de Bom Jesus/Mutirão da Vida/Zé Gameleira/O Quintal.

LADO – B

Estampas Eucalol/Inté as Porteiras/O Esturro da Onça/Corisco e Dadá/O Pulo do Gato.

Direção Musical e Arranjos de Base: Manassés.P1000583 P1000584

Ilustração da Capa: Fernando Borba.

Composição Gráfica: Robertom.

Fotos: Juarez Cavalcante.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: