BOA ESPERANÇA, CLIPER REVOLUCIONÁRIO DO ENGAJADO RAPPER EMICIDA

4fa765ff-aae1-4040-b90d-aad9745213f4O óbvio. Óbvio que tem como tema o que se tornou banalizado no Brasil: o racismo, a discriminação, o ódio contra os negros. Principalmente os negros pobres das periferias e favelas do país. Uma impunidade que escracha a lei diante das próprias autoridades que deveriam aplicá-la. Racismo é crime! E daí? E tudo continua em clima de negro bom é preso ou morto.

Mesmo com as políticas sociais que privilegiam a população negra no Brasil, criadas pelos governos Lula e continuadas nos governos Dilma, o preconceito e a impunidade continua com direito a proselitismo no Congresso Nacional. Caso Bolsonaro. E agora, com a lei de proteção trabalhista às empregadas domésticas, o ódio racista aumentou. Explorar sim, direitos garantidos jamais, dizem os racistas.

Emicida não é somente um rapper, é antes de tudo um ser humanizado que é traspassado por corpus políticos e éticos que o tornam um homem ativista que atua contra as psicopatologias sociais criadas e mantidas pelas classes dominantes que criaram as lutas de classes com suas ideias de distinção social. Boa Esperança tem como expressão-semiótica o rapper, mas como conteúdo-social a perversão racista.

Um dia Emicida viajou à África e produziu uma consciência além da produzida no Brasil através de suas vivencias. Então, impulsionado por essa espiritualidade africana, ele se reuniu com diretores cinematográficos, empregadas domésticas, da Ocupação Mauá, no centro de São Paulo, chamou o fotógrafo João Wainer, do documentário Junho, e Kátia Lund, de Cidade de Deus, os rappers, sua mãe, dona Domenica, Jorge Dias, os filhos de Mano Brown, a modelo Michelli Provensi, Dina Cunha, Raquel Dutra e moradores da ocupação e, começou a revolução das empregadas domésticas contra os patrões autores da exploração e assédio sexual e moral: Boa Esperança.

“O tempero do mar foi lágrima de preto/Papo reto, como esqueletos de outro dialeto/Só desafeto, vida de inseto, imundo/Indenização? Fama de vagabundo”.

Boa Esperança é o primeiro single do próximo álbum de Emicida que ainda não tem título.

Assista, ouça e construa sua opinião!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: