ARQUEOLOGIA LITERÁRIA DIGITALIZADA DO ESCRITOR GABRIEL GARCIA MÁRQUEZ, O GABO, SERÁ ABERTA AO PÚBLICO

  ed4caee7-fb7a-465a-ac92-9451df473126

                                                                     “O bolero é a vida” 

                                                                                Garcia Márquez

Os aficionados leitores da literatura do engajado e militante escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez, o Gabo, nascido em 6 de março de 1927, como era conhecido na intimidade e fora da intimidade autor das importantíssimas obras Cem Anos de Solidão e O Amor nos Tempos do Cólera, em breve terão a oportunidade de entrar em contato via-virtual com sua obra totalmente digitalizada.

Isso porque a Universidade do Texas, adquiriu em novembro de 2014, sete meses após sua morte  (Gabo encadeou evanescências amazônicas-mundo, em 17 de abril de 2014, no auge de seus 87 anos) , seu arquivo de obras junto a sua família pelo preço de 2 milhões de euros. Porém, os seus aficionado terão que espera 1 ano e seis meses em virtude de sua arqueologia literária ainda ter que ser digitalizada.

O projeto de digitalização Compartilhar Gabo Com o Mundo é uma produção do Conselho em Recursos Livreiros e de Informação cuja sede é em Washington. Assim, até o final de 2018 espera-se que o acervo de Gabo, que conta com 24 mil páginas em documentos que se encontram guardadas em 78 caixotes no Centro Harry Ransom, em Austin, esteja disponível ao público de todo o mundo.

“Trata-se de um projeto relevante, porque existem poucas oportunidades para os pesquisadores de acessarem arquivos digitalizados de autores contemporâneos”, afirmou Stephen Enniss, diretor do Centro.

Gabriel-Gabo é uma das mais importantes personagens da América-Latina não somente por seu talento literário voltado para a cultura do povo ameríndio, mas, também, por seu engajamento na luta contra a opressão sofrida por esse povo por força da tirania dos impérios que sempre trataram as terras e o povo como suas propriedades.

O Prêmio Nobel da Literatura que recebeu precisou mais dele do que ele do prêmio dado seus comprometimentos com os direitos dos povos. Como se sabe, o Prêmio Nobel é uma forma narcísica dele mesmo se homenagear homenageando os outros. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: