CHICO VAI PROCESSAR JORNALISTA FASCISTA QUE DIFAMOU SUA FAMÍLIA. QUER DIZER: TENTOU. FASCISTA NÃO ATINGE HONRA

chico-buarqueAlgumas pessoas ingênuas acreditam que o evento da internet, via redes sociais, proporcionou o aparecimento dos tipos de personagens grotescos que, em forma múltipla, exacerbam suas taras dirigidas contras os que não compactuam suas taras. Não. Não foi a internet e nem as redes sociais que criaram essas anomalias psicopatas. Elas sempre existiram. As aberrações fazem parte da sociedade, embora não nem um pouco necessárias. Mito pelo contrário.

Nazifascistas sempre existiram no Brasil e em grande quantidade. Quando se estuda a história do Brasil esse fato grotesco é constatado. E quem existiu nos tempos das ditaduras nacionais sabem muito bem. Em todos os territórios brasileiros eles estavam presentem. A covardia, a arrogância, ódio, a inveja, o culto a morte, o sentido niilista de destruição da democracia é visível.

Quando se observam nazifascistas publicando mensagens contra Lula, Dilma, PT, pessoas livres, honradas e de inteligência superior como Chico, eles não suportam a dor que o ódio causado por suas frustrações derivadas das repressões desencadeadas por seus pais, parentes, professores, entre outros com o poder de torna-los impotente, e passam a procurar uma vítima. E a vítima escolhida por esses nazifascistas é a que lhe causa mais inveja por sua condição totalmente diferente deles, o homem livre, o homem ativo. Contrário de suas existências reativamente impotente. Os homens livres, para os nazifascistas com suas existências de escravos triunfantes, despertam com sua liberdade e inteligência o sentido de suas existências inferiores, de gueto, da sombra, do silêncio mortal.  O homem autor e leitor da vida criativa e distributiva é uma ameaça mortal para os nazifascistas.

O falso jornalista João Pedrosa, porque jornalista não apresenta essa tara, ao observar um foto da atriz Silvia Buarque, filha de Chico, ao lado do pai e da mãe, escreveu no Instagram: “Família de canalhas!!! Que orgulho de ser ladrão!!!”. Diante da atitude nazifascista, Chico junto com Marieta Severo, mãe de Silvia, decidiram processar o triunfo dos escravos por danos morais. Chico resolveu dar um basta na jornada dos que cultuam a morte. A sociedade niilista dos escravos.

O falso jornalista é useiro e vezeiro das redes sociais para tentar ofender pessoas honestas e já chegou a pregar o terrorismo no Brasil. Tentar porque, como diz o filósofo Spinoza, a paixão triste jamais ofende o afeto alegre. O que ama a vida. Não é possível a composição da morte com a vida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: