INCÊNDIO NA CINEMATECA BRASILEIRA DESTRIU ROLOS DE FILMES, MAS MINISTÉRIO DA CULTURA DIZ QUE TEM CÓPIAS DOS FILMES

9oik30i10r_9mc38lwby6_file

A Cinemateca Brasileira, situada na zona sul de São Paulo, contém em seu acervo, o maior da América Latina, mais de 200 mil rolos de filmes distribuídos em longa-metragem, curta-metragem, livros, roteiros originais, revistas, foros, cartazes e 30 mil títulos de cinejornais. Ele também mantém os audiovisuais da primeira TV brasileira a TV Tupy que foi inaugurada no ano de 1950. Há também no acervo obras antigas criadas desde o ano de 1895 como obras de ficção, filmes publicitários e registros familiares nacionais e estrangeiros.

Na madrugada de ontem, parte da Cinemateca, propriamente na Câmara 3 do depósito de filmes onde se encontram filmes em nitrato de celulose que é o tipo de matéria usada na produção cinematográfica antes do ano de 1950, sofreu um incêndio consumindo alguns rolos de filmes.

Informado sobre o sinistro e o que ele consumiu o Ministério da Cultura diminuiu as preocupações. Divulgou que o Ministério tem as cópias dos rolos de filmes consumidos pelo fogo. Uma boa precaução para a história do cinema brasileiro, já que é comum se ouvir que o brasileiro não tem memória. Agora, diante dessa precaução positiva, já não se pode generalizar a afirmação. O Ministério da Cultura enfraqueceu essa sentença.

O que significa que o povo brasileiro pode afirmar: Tratando-se da história do cinema brasileiro, o brasileiro tem memória cinematográfica.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: