Não indicação de ‘Aquarius’ ao Oscar tem sintonia com realidade, diz diretor

Kleber Mendonça Filho afirmou hoje (12) em sua conta pessoa no Facebook que decisão do Ministério da Cultura é “coerente e já esperada”

por Redação RBA

São Paulo – O diretor do aclamado filme Aquarius, Kleber Mendonça Filho, afirmou hoje (12) em sua conta pessoa no Facebook que o fato de Aquarius não ter sido indicado pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil como melhor filme estrangeiro na disputa do Oscar está “em sintonia” com a atual situação política do país e que, a partir daí, a decisão é “coerente e já esperada”. O dramaPequeno Segredo, de David Schurmann, representará o país.

“É bem possível que a decisão da comissão esteja em total sintonia com a realidade política do Brasil, ou seja, é coerente e já esperada”, disse o diretor, que está no Canadá, participando do Festival de Cinema de Toronto. A produção brasileira foi exibida e ovacionada na noite de ontem (11). Durante a estreia do filme no Festival de Cannes, na França, em maio, a equipe de Aquarius protestou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, levantando cartazes enquanto cruzavam o tapete vermelho com dizeres como “um golpe ocorreu no Brasil”, “Resistiremos” e “Brasil não é mais uma democracia”.

“No final das contas, Aquarius é um filme sobre o Brasil, que está no filme da maneira mais honesta possível. Talvez seja exatamente esta honestidade que tenha feito de Aquarius um filme forte como agente cultural, social e produto da nossa indústria do entretenimento”, disse Mendonça Filho pela rede social.

O filme ainda pode concorrer a indicações em outras categorias, já que estreia nos Estados Unidos no fim de outubro. Pelas regras da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, qualquer filme que estreie comercialmente em Los Angeles até 31 de dezembro de 2016 e fique em cartaz por pelo menos sete dias, com três sessões diárias, pode concorrer.

“Para além de decisões institucionais via Governo Brasileiro, Aquarius tem conquistado internacionalmente um tipo raro de prestígio, e isso inclui distribuição comercial em mais de 60 países enquanto já se aproxima dos 200 mil espectadores nos cinemas brasileiros, com um tipo de impacto popular também raro. Mais ainda, é um filme que já faz parte da cultura e desse tempo, num ano difícil no nosso país”, afirmou.

A diretora e roteirista Anna Muylaert criticou a escolha do Ministério da Cultua em seu perfil no Facebook. “O que esperar do futuro? Que os amigos de Michel Temer sejam daqui pra frente os grandes autores do cinema brasileiro – independentemente de sua qualidade ou mesmo de sua representatividade junto ao publico? A resposta é triste e é: provavelmente sim. Com esta escolha de hoje, enterramos muito mais que um filme. Enterramos um paradigma de qualidade e legitimidade para o cinema brasileiro. Quando se está vivendo sob a égide de um golpe nacional, porque haveria de ser diferente com o cinema?”, questionou.

“Do meu ponto de vista o maior prejudicado não foi nem é Kleber e sua equipe e sim o cinema brasileiro”, disse. “Ora Kleber Mendonça fez um filme – goste-se ou não – importante, extremamente bem dirigido e que conquistou uma vaga na competição de Cannes – a mais difícil do mundo. Além disso, está tendo sucesso de público e de critica no seu país de origem. Escolher outro filme para representar o Brasil agora – um filme que ninguém viu – não é apenas uma derrota para Aquarius – Filme, é antes de tudo uma mudança de rumo nos paradigmas de qualidade que viemos construindo todos nós juntos há anos.”

Indicação

Schurmann, que dirige Pequeno Segredo, é membro da família que foi a primeira tripulação brasileira a dar a volta ao mundo em um veleiro. O filme conta a história de Kat, a menina portadora de HIV adotada pela família em uma de suas viagens. No elenco estão as atrizes Julia Lemmertz, Maria Flor e o ator Marcelo Antony. O filme chegará aos cinemas apenas em 10 de novembro mas, para poder concorrer ao Oscar, haverá uma pré-estreia limitada antes de 30 de setembro.

O diretor agradeceu a indicação em sua página no Facebook: “Obrigado a todos os que acreditam nesse filme. Meu profundo respeito a todos os maravilhosos filmes inscritos. Tenham certeza que faremos de tudo e não economizaremos energias para representar nosso país na premiação do Oscar 2017. Obrigado, Obrigado, obrigado!”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: