Após 40 anos da estreia, filme com Bowie volta aos cinemas restaurado

Bowie

‘O Homem que Caiu na Terra’, longa-metragem dirigido por Nicolas Roeg, chega ao circuito comercial na semana em que o camaleão do rock completaria 70 anos.

No dia 8 de janeiro de 2016, o astro britânico David Bowie completava 69 anos e dois dias depois morria em decorrência de um câncer no fígado. Exatamente há um ano de sua morte e na semana em que completaria 70 anos, o camaleão do rock é homenageado com o lançamento de uma cópia digital restaurada do filme O Homem que Caiu na Terra, lançado originalmente em 1976.

Na ficção científica dirigida por Nicolas Roeg, Bowie interpreta o alienígena Thomas Jerome Newton que, recém chegado à Terra, busca a salvação para o seu planeta. Infiltrado entre os seres humanos, Newman utiliza a tecnologia alienígena para se tornar um rico empresário, detentor de diversas patentes milionárias. Mas para isso, ele terá de aprender a lidar com a feroz competição no mundo dos negócios e a tentações terráqueas, como a camareira Mary-Lou (Candy Clark), com quem se envolve intimamente.

Repleto de cenas de sexo em que o Bowie e Clark aparecem completamente nus, o filme se desenrola a partir de “saltos narrativos”. Com uma inteligência única e conhecimento muito superior ao dos terráqueos, Newton logo se vê em Nova York como dono de uma empresa de energia e mídia mundialmente conhecida. Ele contrata o professor de Química Nathan (Rip Torn), a única pessoa em que o personagem cada vez mais recluso pode confiar.

Newton precisa dominar completamente as tecnologias da Terra para poder salvar seu planeta da seca, mas ele está longe de ser um predador. Ao contrário. Gentil e delicado, o personagem interpretado por David Bowie acaba se tornando uma vítima da ganância que predomina no mundo dos negócios por aqui. Na verdade, o que fica evidente é que a vida na Terra é muito mais estranha do que a presença de seres extraterrenos entre nós.

Este foi o primeiro papel principal que Bowie teve em um grande filme. A escolha do cantor não foi à toa: assim como Ziggy Stardust, alter-ego criado por ele em 1972, seu personagem no longa tem uma aparência andrógina que se encaixa perfeitamente com o papel do alienígena Newman.

O Homem que Caiu na Terra acabou se transformando em um clássico cult e é por isso que a produtora cultural Zeta Filmes resgatou a obra no projeto Clássica, que viabiliza o (re)lançamento de filmes antigos, clássicos ou cults em formato digital nos festivais e cinemas brasileiros.

O Homem que Caiu na Terra
Direção: Nicolas Roeg
Roteiro: Paul Mayersberg
Direção de fotografia: Anthony Richmond
Montagem: Graeme Clifford
Música: John Phillips
Produção: Michael Deeley, Barry Spikings
Elenco: David Bowie, Rip Torn, Candy Clark, Buck Henry, Bernie Casey, Jackson D. Kane, Rick Riccardo, Tony Mascia
País: Reino Unido
Ano: 1976
Duração: 139 minutos
Classificação: 16 anos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: