‘Vamos sem Temer’: clipe de Márcio Lugó faz crítica ao governo golpista

Vídeo de “O Sobrevivente” traz animação que escancara abuso de poder, desigualdade social, violência policial, superlotação do metrô e os muros cinzas de João Doria. “Agora é esperança de revolução’.

O cantor paulistano Márcio Lugó acaba de lançar no YouTube e nas redes sociais o terceiro clipe do álbum Pêndulo. O vídeo feito completamente em animação faz uma crítica literal à atual conjuntura política e social brasileira. Apesar de a letra ter sido escrita há seis anos, a produção escancara mensagens que atingem diretamente o presidente Michel Temer (PMDB), o governo de Geraldo Alckmin (PSDB) no estado de São Paulo e o do prefeito paulistano, João Doria (PSDB).

A música trata sobre um homem que foi preso por pegar “dinheiro como solução” e que mudou de lado dentro da prisão, “se fez comportado, um tanto humilde e sem distrair cumpriu a pena na certeza que não voltaria pra cela abafada depois de sair”. Acontece, que quando saiu da cadeia, ele viu que o cinza tomava conta da situação – e, de forma literal, a animação mostra as brigadas anti-pichação do atual prefeito de São Paulo.

Videoclipe de 'O Sobrevivente' foi dirigido e finalizado pelo ilustrador Dan Leal

Depois de enfrentar as filas e a desesperança nos serviços públicos de empregabilidade, só lhe resta voltar pra casa em metrô abarrotado (“Reverência bovina de todas as noites, onde será que vai essa nação?”). Quando ajuda alguém em situação de rua e com fome, o homem se revolta aparentemente com os lucros exorbitantes dos bancos, com a desigualdade social e conclama o povo a agir. Com mais pessoas, a luta tem mais força contra esta máquina opressora, a mídia e a violência policial: “Agora é esperança de revolução” e é aí que o povo unido carrega a faixa “Vamos sem Temer”.

Em seu site, Márcio Lugó declara a importância da arte na transformação social: “De alguns anos pra cá, percebi que a importância do artista é muito maior do que só o aspecto musical. A arte é a essência. É a desculpa que a gente tem para chegar ao próximo. Para fazer as pessoas refletirem e pensarem um pouco diferente. Nosso papel é estar em contato com essa sociedade que nos cerca, fazendo parte dela, tentando ajudá-la e tentando aprimorá-la”.

O videoclipe foi dirigido e finalizado pelo ilustrador Dan Leal.

Ficha técnica O Sobrevivente
Música
Voz e guitarra: Márcio Lugó
Guitarra, baixo synth e programações: Rafa Moraes
Percuteria, congas, bells e efeitos: Raphael Coelho
Mixagem: Gustavo Lenza
Masterização: Carlos Freitas
Videoclipe
Direção, animação e finalização: Dan Leal

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: