Archive for the ‘Acervo’ Category

MINISTÉRIO DA CULTURA NOMEIA LISANDRO NOGUEIRA PARA FUTURA DIREÇÃO DA CINEMATECA BRASILEIRA

Outubro 3, 2013

De acordo com informações do MinC, o novo diretor da Cinemateca Brasileira em São Paulo a partir de novembro é o professor de cinema da Universidade Federal de Goiás Lisandro Nogueira. A instituição que possui uma vasta programação aberta ao público, também é responsável pelo restauro e pela preservação do cinema brasileiro.

O professor Lisandro Nogueira mantem um blog sobre cinema e sobre seu trabalho. De acordo com o novo diretor a sua “prioridade será a digitalização do acervo”. Além disto ele afirmou que “a premissa básica vai ser vencer esses problemas e a partir daí renovar a Cinemateca, ‘reconstruir’, dar a ela uma vida nova”.

Longa vida a Cinemateca Brasileira

Anúncios

Acervo de Milton Nascimento será disponibilizado no portal do Instituto Antonio Carlos Jobim

Maio 27, 2013

da Agência Brasil

Desde a última semana, o acervo do cantor e compositor Milton Nascimento está disponível para visualização e pesquisa no portal do Instituto Antonio Carlos Jobim – www.jobim.org . São cerca de 45 mil itens, entre fotos, documentos, áudios, vídeos e álbuns. O acervo é o mais extenso já digitalizado pelo instituto, que desde 2001 desenvolve projetos de catalogação, conservação e disponibilização de acervos digitais de artistas representativos da cultura brasileira.

São mais de 4.500 fotos do cantor, desde a infância em Minas Gerais, na década de 40, até imagens mais recentes. Os visitantes do portal também podem visualizar documentos como a caderneta escolar de Milton do ano de 1958, quando ele cursava a 4ª série do Colégio São Luís, em Três Pontas (MG); cartas do poeta Carlos Drummond de Andrade e da atriz francesa Jeanne Moreau; letras manuscritas e um cartaz do show El Gran Concerto, que Milton fez com os cantores argentinos Mercedes Sosa e León Gieco, em Buenos Aires, em 1984.

Para marcar o lançamento do acervo digital, a Orquestra de Sopros Pró-Arte fará um show em homenagem a Milton Nascimento, às 20h30 de hoje, no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Com direção de Cláudia Ernest Dias, Fernado Trocado e Raimundo Nicoli, a apresentação tem participação do instrumentista Marcelo Caldi e participação da Companhia Folclórica do Rio de Janeiro, com coreografia de Eleonora Gabriel.

No repertório, nove canções de Milton, entre elas Nada Será como AntesVera Cruz, Morro Velho Canção do Sal, cada uma com um diferente arranjador. No foyer do teatro, parte do acervo estará em exposição.

Criado em maio de 2001 para abrigar a memória e o acervo de Antonio Carlos Jobim (1927-1994), o instituto foi instalado no Jardim Botânico, como um tributo da família e dos amigos do maestro ao amor que ele sempre demonstrou pelo parque. O primeiro acervo a ser catalogado e digitalizado  pelo instituto foi o do próprio Tom Jobim, com 9.435 itens.

Coordenados por Georgina Staneck, outros projetos de digitalização foram implementados pelo instituto, que tem o patrocínio da Vale por meio da Lei de Incentivo à Cultura do governo federal. São eles os dos compositores Dorival Caymmi (4.311 itens), Chico Buarque (5.901 itens) e Gilberto Gil (17.674) e o do arquiteto Lucio Costa (3.977 itens arquivados). Atualmente, encontra-se em processo de catalogação o acervo do instrumentista, maestro e compositor Paulo Moura (1932-2010).