Archive for Agosto, 2009

Se tua mãe quer um rei…

Agosto 31, 2009

Four-Kings

o baralho tem quatro

rei de ouros, rei de copas

rei de espada, rei de paus.


 

Corre que sou esperto

corre que te pego

veja que te encho

a cara de barro.

Federico Garcia Lorca

Anúncios

Notas em tom rosa

Agosto 31, 2009
Poster Cubano de Antônio das Mortes de Glauber Rocha

Poster Cubano de Antônio das Mortes de Glauber Rocha


  • Na Caixa Cultural de São Paulo  até dia 13 de setembro está rolando a  exposição “Cartazes cubanos, um olhar sobre o cinema mundial”, que traz ao Brasil possui uma seleção de 80 cartazes produzidos da década de 1960 até o início dos anos 90 pelo ICAIC – Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográfica. Os cartazes usam o a serigrafia como técnica de impressão e a estética dos cartazes poloneses, tchecos e húngaros, o Push Pin Studio de Nova York, a Pop Art e o design californiano do final dos anos 60. É Toulouse-Lautrec fumando charuto no cinema de Glauber Rocha.

  • Está rolando até esta quinta feira (3) o II Festival de Cinema Chileno na Reserva Cultural em São Paulo. Dentre os cinemas escolhidos para participar do festival contamos tanto com realizadores experientes quantos novatos. Destacamos o mais novo filme de Andres Wood (que guiou com maestria Machuca) “La buena vida”,  “199 Recetas para ser feliz” de  Andrés Waissbluth, “Alicia en el País” de De Esteban Larrain e a comédia “Malta con huevo” de Cristóbal Valderrama Blanco. Entonces…

  • Mutações foi uma das grandes obras autobiográficas escrita pela atriz, realizadora e bela Liv Ulmann. Nestas mutações da nossa vida um estudo feito por cientistas da China e do Reino Unido descobriram que todo humano tem de cem a 200 mutações acumuladas em seu código genético, sendo que a maioria não tem efeitos evidentes na aparência ou na saúde. Para chegar a estas conclusões, os cientistas recrutaram uma família chinesa que vive no mesmo povoado há séculos. A equipe analisou dois familiares de sexo masculino separados por 13 gerações e com um antepassado comum, que viveu há 200 anos. E mesmo com tantas mutações tem gente que não muda…

astorpiazzollamga5

  • Vamos bailar? O tango(lomango) está sofrendo duras baixas. Um recente estudo mostra que o instrumento simbolo do tango, o bandoneon, está desaparecendo da Argentina.O  luthier Oscar Fischer, presidente da Casa do Bandoneon criou um projeto de lei aprovado em dezembro passado pela Câmara dos Deputados da Argentina e em vias de ser votado pelo Senado para deter o êxodo e propõe que os bandoneons com pelo menos 40 anos sejam considerados patrimônio cultural. E ahora… Adiós Nonino?
  • Nesta terça e quarta feira ( 1 e 2 de setembro) a tradicional Grazie a Dio! comemora dez anos com dois shows da bandacubana Buena Vista Social Club Stars, liderada por Amadito Valdes e Barbarito Torres.  Quem estiver por São Paulo e tiver uma grana guardada (pois os preços não são nada populares) confira este grande espetáculo de produção musical. O espetáculo começa as 22 horas e custa 120 reais… O mais barato. Quem não puder compra o dvd bem baratinho do Win Wenders lançado pela Spectra Nova e se emcube-se.

  • Tem gente que ainda acredita que uma banda (de qualquer ritmo) tem que se fechar em uma formação centrada em um vocalista. Em geral os outros membros são apenas um fundo e são discriminados pelo público. Porém quando se sai de uma idéia comercial de música e se entende que todos são importantes para composição de afetos musicais. O baterista do Radiohead Phil Selway baterista do Radiohead,assumiu o vocal em duas músicas em um show beneficente em Londres, no dia 11 de agosto. O resultado deste concerto vai integrar o disco beneficiente 7 Worlds Collide: The sun came out. No albúm ainda há participação de Johnny Marr (The Smiths, Modest Mouse), KT Tunstall e Jeff Tweedy e Gleen Kotche (Wilco). Os videos do show podem ser vistos aqui.


Cinema e seus planos

Agosto 30, 2009

-Querida, quais são seus planos pra este ano?

– Ai, eu quero casar de vestido longo, comprar uma mansão cheia de mordomias e ter duas crianças.

– Este teu plano está muito Hollywood meu bem. Assim você esta me enquadrando em um plano americano da cintura pra cima- assim fico imóvel, sem poder andar. E depois ainda vai querer da um plano destaque, ou o que os americanos chamam de close na minha mão com a aliança, a famosa algema de ouro.

– Você não me ama é isto? Já deve estar com outra…

– Não entra neste plano de contra-plongee, me olhando de baixo… Você não é inferior, estamos no mesmo plano… E não esqueça que o amor tem que expandir pra comunidades mais vastas, já dizia Toni Negre e entrar em um plano panorâmico, ou quem sabe em um plano geral, para que possa se ver o que está por traz e ampliar nossa visão da nossa vida.

– Você tem razão, meu amor. Agora vamos expandir nosso amor em outros planos.


O plano nos espaços em projeção


A idéia de plano que concebemos pode passar por uma concepção  comum, ou se expandir para algo mais amplo.
Em uma diferenciação filosófica a noção imobilizadora do plano pertence ao espaço estriado e a linha de corte em um plano ao espaço liso.


“O espaço liso e o espaço estriado, — o espaço nômade e o espaço sedentário, — o espaço onde se desenvolve a máquina de guerra e o espaço instituído pelo aparelho de Estado, — não são da mesma natureza.” (Deleuze & Guattari, Mil Platos v.5)


Em outras palavras o espaço liso permite que se crie novas concepções e conceitos, já o espaço estriado por sua formação estática não consegue que se crie novas imagens e idéias.


Passando isto para o plano…. Um plano de um filme (pode ser um Hollywoodiano, ou qualquer filme), é feito para que as imagens constituídas nele não eleve o espectador (neste caso é passivo, só espera…) a novas idéias e novas visões de sua existência.  Já um plano de um cinema, é todo estudado e construído em um espaço liso, para que se crie uma modificação de nossa percepção a partir desta nova imagem, de uma heterogenia e que este plano permita que se deslize com facilidade para novos espaços.  Ou seja, um realizador de cinema ao compor os planos está preocupado com a nossa inteligência, e visa que possamos usar este plano que possamos transpor para uma zona de criação e reformulação. Por isso “o espaço homogêneo não é em absoluto um espaço liso, ao contrário, é a forma do espaço estriado.” (ibid)

“Nada es absolutamente bueno, todo depende del uso y de la prudencia, que son sistemáticos.
Intentamos decir, en Mil Mesetas, que lo bueno no es nunca suficiente (por ejemplo, no basta un espacio liso para vencer las estrías y lãs coacciones, no basta un cuerpo sin órganos para hacer frente  lãs organizaciones). En ocasiones se nos ha reprochado el empleo em términos complicados para aparentar distinción. Este reproche no es únicamente malintencionado, es simplemente estúpido. A veces um concepto necesita de una palabra nueva que lo distingue, a veces se sirve de una palabra corriente a la que confiere un sentido peculiar.” (Deleuze, Conversações)

Cineclubes pelo Brasil: Cineclube Consciência

Agosto 28, 2009

Temos feito neste bloguinho a divulgação e exposição de cineclubes de  todo Brasil. Muitos porém talvez ainda não entendam a razão desta disposição. Pois bem…Sabemos que a grande parte da chamada “industria cultural” no Brasil tem um grande amor não pela composição da arte, mas somente pelo amor do capital: o vil metal. Entretanto independente de capital ou do apoio do Estado, os projetos culturais tem que ser amante da arte… Tem que ser esquizo. E isto nenhum cinema comercial é, pois não cria um espaço de produção… Os cineclubes por sua vez trabalham com a produção desejante, onde está aberto não a um grande rebanho, mas aqueles que querem desconfiar de uma falseação da arte, e educar os olhos. Por isso o desejo de exibir cinemas que quase nunca se veria em “um cinema” do jeito que a massa o concebe. Os filmes exibidos nas salas de projeções nos shoppings da vida e na maioria das outras visam apenas encher a barriga do entretenimento, ou seja é um filme barrigal, gastronomico, só engorda mas não nutre. Já o cinema como devir é desconstrutivo; é um cinema para a razão… Barriga não faz falta se temos um cortex… Um corte…

Hoje trazemos o Cineclube Consciência de Jundiaí/SP que nasceu de uma experiência comunitária de criação dos novos saberes e dizeres através do cursinho pré-vestibular comunitário chamado Cursinho Consciência. A idéia do cursinho ser ampliado a um cineclube veio a partir do esforço de alguns professores como Adriano Santos e estudantes do cursinho. A partir de então o cineclube só cresceu e sempre trabalhava com o vetor cinematográfico, ampliando a projeção com debates. A experiência com o cinema foi fundamental aos estudantes e professores e se expandiu para novas produções inclusive do curta-metragem Sobreviva, resultado da “Oficina Básica de Criação Audiovisual” promovida pelo cineclube e que teve seu lançamento no dia 30 de agosto de 2008.
Este cinema ficou em segundo lugar em dois festivais, ganhando o prêmio de melhor atriz no Festival Cine Favela de Heliópolis-SP.  Em março de 2009 se comemorou o 2º aniversario, e atualmente o cineclube está localizados na sede do Sindicato dos Bancários. Com mais de 150 cinemas já exibidos o cineclube permanece em continua construção.

Abaixo a programação deste fim de semana

29/08- Exibição e discussão do filme escolhido pelos participantes: “O pagador de promessas”

30/08- Circuito Exibidor de Vídeo Popular: Programa IX – Consciência Ambiental e Música.

Exibição de documentários e mostra musical de Marcos Lobão e banda. Documentários: “Saindo da Lixeira ” de Filipe Freitas, “O Canto de Acauã” da Brigada de Audiovisual da Via Campesina, “Mestre da Gaita” de Rodrigo Santos Sousa e “1º Encontro de Djs” do JC Negro JC, Montanha Anderson.

Notas vetoriais

Agosto 27, 2009
50ee386f8d

O cinema de Abbas Kiarostami

  • Quem estiver por São Paulo e transar legal com cinema não vai deixar de conferir a partir de segunda(31)  até dia 19 a IV Mostra Mundo Árabe, realizada pelo Instituto da Cultura Árabe. Nesta edição serão exibidos 16 filmes como Caos, a obra póstuma do recentemente falecido Youssef Chahine; a Trilogia do Deserto, do diretor tunisino Nacer Khemir;  e os iraquianos (que tem um dos cinemas consagrados ao lado do iraniano )Underexposure, de Oday Rasheed; As Tartarugas Podem Voar, do diretor Bahman Ghobadi; e o belo documentário sobre a guerra do Iraque: Iraque em fragmentos. A mostra ocorre  no Centro Cultural São Paulo (grátis), no CineSesc (preço simbólico), na Galeria Olido (preço simbólico), e no Esporte Clube Sírio (grátis), com várias sessões de dia e de noite. Programação completa no link acima.
  • Por falar em cinema árabe, chegou em São Paulo, uma das grandes mostras de cinema do ano. Depois de passar pelo Rio, a mostra “O cinema além-muros”, trás os filmes de dois dos mais importantes cineastas mundiais: o iraniano Abbas Kiarostami e o israelense Amos Gitai. A amostra contemplará quase toda cinematografia dos dois diretores e ficará em cartaz até  06/ 09 no Centro Cultural da Caixa (Sé). Portanto se você ainda não conhece o cinema poiético destes dois diretores se apresse, que os ingressos são a preços populares.
  • No Centro Cultural Caixa exibe a retrospectiva Em carne viva que trás os cinemas do canadense David Cronenberg. As exibições serão acompanhadas de um curso e seminários para debater, com a presença de pesquisadores das áreas de cinema, arte, mídia, filosofia e medicina. Quem não conhece o cinema do diretor cultuado por filmes de “terror corporal”em filmes como Calafrios, Rabid, A mosca, Videodrome,etc e que recentemente vem trabalhando com a questão da sujeição da vida às armadilhas do crime, não deixe de conferir. A mostra fica aberta até dia 06/09.
  • Finalmente saiu em DVD no Brasil os filmes do diretor e ator americano John Cassavetes. Os títulos são os mesmos lançados pela americana Criterion, porém sem os extras. São eles Sombras, Faces,  Uma Mulher sob Influência, A Morte de um Apostador Chinês  e Noite de Estréia.

09238314

  • A porretissima grife carioca Daspu , criada pelas proustitutas cariocas junto com a ONG carioca Davida em 2005, lança sua coleção pelas ruas do centro do Rio sua nova coleção de verão ” Da Farofa ao Caviar”, além de participar da campanha de Sexo seguro. Então queridas e queridos vamos esvoaçar pelas ruas cariocas com Daspu que somos nós.
  • O Robertinho aprontou mais uma. Agora não é que vai lançar um CD de Natal… Mais nada com o espirito chauvinista (com respeito aos porquinhos)  do capital. Este CD será lançado para auxiliar em projetos sociais na Inglaterra e nos Estados Unidos em que as crianças possam ter uma alimentação saudável. O nome do CD do Dylan é: “Christmas in my heart” (Natal no meu coração). Segundo O proprio Bob “É uma tragédia que mais de 35 milhões de pessoas neste país (EUA) -12 milhões delas crianças- frequentemente tenham que ir para a cama com fome e acordar toda manhã sem saber de onde virá sua próxima refeição.” …. Eu pensei que todo mundo fosse filho de papai…. Noel.
  • O documentário dos Rollings Stones Cocksucker Blues (algo como boqueteiro Blues) censurado pela própria banda e dirigido pelo fotógrafo Robert Frank vazou pra internet… O filme foi decretado pela justiça como incapaz de ser exibido a não ser com a presença do diretor… Além de muito sexo drogas e rock and rolla, o documentário tem participações de Tina Tuner,  Truman Capote e Andy Warhol… Moralismos a parte confira antes que este item raro seja censurado.
  • O ator Diego Luna (E su mama también, Milk) depois de brilhar e deixar muitos sem folego como um belo ator, agora estreiará um novo cinema como diretor… O cinema Abel trata dos problemas familiares de um garoto. O primeiro nome do elenco é o ator mexicano José Maria Yazpik. Vamos esperar para assisit mais um cinema que vem da beldade mexicana.
  • Os argentinos são um povo muito porreta. Se é para curtir com o engodo capitalista (e não só) da homenagem, onde alguém superior mostra que é o top inteligente pra reconhecer o trabalho do limitado homenageado, tem que ser esquizo. Quando Freud dizia (e nesta ele tem razão) que o mais instituida e formalizada são os rituais de uma sociedade, como as homenagens por exemplo, menos desenvolvida emocionalmente esta sociedade é. O que realmente é lindo (além de as vezes o futebol argentino), é que a homenageada por seus ótimos serviços prestados para sociedade argentino é esquizo total. Trata-se de uma estátua da querida Mafalda, personagem dos quadrinhos e videos produzido por Quino. Mafalda estará sentada num banco na Rua Chile… Quem passar por lá bate um papo com ela.
  • A explorada e sobreposta apresentadora anti-infantil Maísa decidiu gravar um disco. Ao escolher as pessoas que possuem o mesmo grau de alienação e aprisionamento para grava o cd com ela, os produtores escolheram a compositora mor dos afetos tristes Ivete Sangalo, Eliana (e seus dedinhos de chumbo),  Jorge e Matheus, Roger (e o qi serve pra algo?) e Dominguinhos … alguma dúvida?

Publicidade

// <![CDATA[
document.write( ‘ ‘ ) ;
// ]]>

Ilustrada

// <![CDATA[
var tmpHref = location.href ;
document.write( “Comunicar erros” ) ;
// ]]>
Comunicar errosComunicar erros <a href=”http://tools.folha.com.br/feedback?url=referrer&#8221; mce_href=”http://tools.folha.com.br/feedback?url=referrer”><img src=”http://f.i.uol.com.br/folha/images/icn-backspace.gif&#8221; width=”20″ height=”20″ border=”0″ alt=”Comunicar erros”>Comunicar erros</a>
// <![CDATA[
var tmpHref = location.href ;
document.write( “Enviar por e-mail” ) ;
// ]]>
Enviar por e-mailEnviar por e-mail <a href=”http://tools.folha.com.br/send?site=emcimadahora&amp;url=referrer”><img src=”http://f.i.uol.com.br/folha/images/icn-email.gif&#8221; width=”20″ height=”20″ border=”0″ alt=”Enviar por e-mail”>Enviar por e-mail</a>
// <![CDATA[
var tmpHref = location.href ;
document.write( “Imprimir” ) ;
// ]]>
ImprimirImprimir <a href=”http://tools.folha.com.br/print?site=emcimadahora&amp;url=referrer”><img src=”http://f.i.uol.com.br/folha/images/icn-imprimir.gif&#8221; width=”20″ height=”20″ border=”0″ alt=”Imprimir”>Imprimir</a>

26/08/200918h43

Bob Dylan lança em outubro CD com músicas natalinas

Publicidade
//

//

da Efe, em Los Angeles

O cantor Bob Dylan lançará em outubro seu primeiro álbum de Natal com o título “Christmas in the Heart” e destinará a renda para fins beneficentes, informou nesta quarta-feira (26) a revista “Billboard”.

O disco, segundo de Dylan este ano, depois do lançamento, em abril, de “Together Through Life”, incluirá temas tradicionais como “I’ll be Home for Christmas”, “O Little Town of Bethlehem”, “Here Comes Santa Claus”, “Must be Santa”, “Winter Wonderland” e “Little Drummer Boy”.

Divulgação
Bob Dylan disponibilizou &quot;Beyond Here Lies Nothin'&quot; apenas por 24 horas no site oficial
Cantor Bob Dylan lançará o disco “Christmas In The Heart”, seu primeiro álbum natalino

A lista completa, porém, ainda não vazou.

Este trabalho chegará ao mercado americano em 13 de outubro e Dylan, 68, destinará a renda à organização Feeding America para propiciar mais de 4 milhões de refeições a pessoas necessitadas durante a época natalina.

Dylan também se associará com outras entidades beneficentes internacionais para investir o lucro do disco em projetos no Reino Unido e em países em desenvolvimento.

“É uma tragédia que mais de 35 milhões de pessoas neste país (EUA) -12 milhões delas crianças- frequentemente tenham que ir para a cama com fome e acordar toda manhã sem saber de onde virá sua próxima refeição”, assegurou o artista em comunicado.

Dylan fará uma turnê de duas semanas pela costa oeste dos EUA que começará em 5 de outubro com um show em Seattle.

//

// <![CDATA[
var tmpHref = location.href ;
document.write( “Comunicar erros” ) ;
// ]]>
Comunicar errosComunicar erros <a href=”http://tools.folha.com.br/feedback?url=referrer”><img src=”http://f.i.uol.com.br/folha/images/icn-backspace.gif&#8221; width=”20″ height=”20″ border=”0″ alt=”Comunicar erros”>Comunicar erros</a>
// <![CDATA[
var tmpHref = location.href ;
document.write( “Enviar por e-mail” ) ;
// ]]>
Enviar por e-mailEnviar por e-mail <a href=”http://tools.folha.com.br/send?site=emcimadahora&amp;url=referrer”><img src=”http://f.i.uol.com.br/folha/images/icn-email.gif&#8221; width=”20″ height=”20″ border=”0″ alt=”Enviar por e-mail”>Enviar por e-mail</a>
// <![CDATA[
var tmpHref = location.href ;
document.write( “Imprimir” ) ;
// ]]>
ImprimirImprimir <a href=”http://tools.folha.com.br/print?site=emcimadahora&amp;url=referrer”><img src=”http://f.i.uol.com.br/folha/images/icn-imprimir.gif&#8221; width=”20″ height=”20″ border=”0″ alt=”Imprimir”>Imprimir</a>

PUBLICIDADE

Diore Perfumes Importados
Todas as marcas em até 10x s/ juros Vários perfumes em promoção
http://www.diore.com.br

Jovens em Evidência
Saiba como estrelar a nova campanha outono inverno Iódice Denim 2010!
SuaVerdade.com.br

Polo I-Motion Volkswagen
Conforto e tecnologia com o câmbio inteligente. Descubra essa novidade
VW.com.br/Polo

A Moda é Casa e Móvel!
Novidades com preço e qualidade. Teodoro Sampaio c/ estacionamento
http://www.casaemovel.com.br

Claro Roaming
Confira como é fácil usar seu Claro quando viajar para outros países!
Claro.com.br/Roaming

Caçadora De emoções!
Glow After Dark, perfume feminino Jennifer lopez. 6x s/ juros cartão!
http://www.duks.com.br

O Grande Combate

Agosto 27, 2009

Querem acabar

Com a nossa dignidade

Pois direito pro povo não há.

Clamam os estudantes

Clama o povo inteiro

E justiça pela nossa causa não há.

Os políticos traiçoeiros

Que não respeitam ninguém

Vivem mandando em milhões

Quando o pobre nada tem

Ganha um salário de fome

Que não dá para viver bem

Falta casa e comida

Dignidade de vida

Nem por sonhos todos tem

Falta água, falta luz

E aquele que dirige a cidade

Nos quer ver pregados na cruz

– Sr. Prefeito, onde está

Nosso direito?

Se és representante do povo

Como deixas os empresários

Esvaziarem nossos bolsos?

Prometeste e não cumpriste

Isso não é legal

Ver gente de fora

Mandar na nossa cidade

É covardia lesar o povo ordeiro

Que trabalha honestamente

Para ganhar o seu dinheiro.

Maria da Glória, poeta,

dos encontros alegres do saber comunitário.

Receita caseira – “Acarajé”

Agosto 26, 2009

Quinha: Mãe Guili!, ensina como se prepara o “acarajé”?

Mãe Guili: Oyá, eparrei! Oyá, eparrei! Oyá-Iansã! Vamos preparar sim, um dos regalos da cozinha baiana, em oferenda para nossa Deusa Guerreira,divindade guerreira dos ventos e das tempestades!

Quinha: Oyá, eparrei! Oyá, eparrei! Oyá-Iansã! Que também cumpre função de encaminhar os espíritos desencarnados ao Orun (céu). Na sua cozinha de chão batido, diz o que é preciso para preparar o “acarajé”.

Mãe Guili: Primeiro é preciso ralar o feijão fradinho à pedra (coloca o feijão e começa a triturá-lo). Como tempero, leva cebola e sal. Em seguida a massa e aquecida em frigideira de barro na qual se derrama um bocado de azeite-de-cheiro.

Quinha: Mãe Guili, com esse quitute baiano de origem africana se come com molho?

Mãe Guili: É claro, Quinha! Como outros quitutes africamos, o molho é preparado com pimenta-malagueta seca, cebola e camarão, tudo moído na pedra e frigido em azeite-de-dendê.

Quinha: Oyá, eparrei! Oyá, eparrei! Oyá-Iansã! Depois que o molho do acarajé estiver pronto, vamos servir em oferenda a Oyá-Iansã! Então vamos com ela, nos deliciar desse quitute!

Ouvimos dizer…

Agosto 26, 2009

“Ouvimos dizer que as pessoas que lá vivem jamais ficam tristes. É porque não obedecem ordens; eles não se submetem a comandos. Então são livres. E por esta razão não exigem segurança nem proteção. E o que fazem? Trabalham. Quando? Sempre. Nunca param? Não, por que haveriam de parar. E lá quantos são? Dizem que cada um são muitos.”

Desidério Passos

O Enterrado Vivo

Agosto 26, 2009

É sempre no passado aquele orgasmo,

É sempre no presente aquele duplo,

É sempre no futuro aquele pânico.

.

É sempre no meu peito aquela garra.

É sempre no meu tédio aquele aceno.

É sempre no meu sono aquela guerra.

.

É sempre no meu trato o amplo distrato.

Sempre na minha firma a antiga fúria.

Sempre no mesmo engano outro retrato.

.

É sempre nos meus pulos o limite.

É sempre nos meus lábios a estampilha.

É sempre no meu não aquele trauma.

.

Sempre no meu amor a noite rompe.

Sempre dentro de mim meu inimigo.

E sempre no meu sempre a mesma ausência.

Carlos Drummond de Andrade

Toques esquizomusicais: Diana Pequeno

Agosto 24, 2009

56B70A_2

A música brasileira sempre nos ofereceu grande cantoras que tinham em sua voz um potência tamanha … Clara Nunes, Nubia Laffayete, Elizete Cardoso, Beth Carvalho, Elza Soares, Aracy de Almeida … apenas para frisar algumas.

E quando a cantora é bahiana… Muitos indagam o que a bahiana tem? A maioria das cantoras bahianas (principalmente contemporâneas) tem uma boa voz, porém pouco se aproveita das construção linguistica que sai de suas belas bocas. Mas será que as palavras que saem da  doce boca morena pela voz de Diana são palavras que afirmam a vida, ou pura falseação para se vender mais?

Muitos em 1978, quando Diana lançava seu disco Diana Pequeno, acharam que era a segunda opção. Ainda mais por sua “música principal” ser “uma tradução ” de um grande sucesso americano “Blowing in the Wind” de um cantor americano Bob Dylan.  Porem este purismo e segregação espacial (tudo que é de tal lugar não presta) não tem como ser considerados, se levarmos uma analise racional. Uma cultura é formada e deformada por pessoas. A letra de Bob Dylan não se comparava as traduções tolas da jovem guarda de música dos Beatles por exemplo. É uma corte na carne de vocês.

Blowing in the wind como o nome diz não é de nenhum lugar e nem de ninguém… Mas de todos que querem ser soprados pelo vento… por um vento desterritorializante… Um hurricane- furação.  E ainda mais uma música de Dylan, um poeta engajado, que cantou pela libertação da vida, dos negros, dos presos e dos povos.

Por isso a arte de Diana se expandiu. Com varias composições suas e de seu amante (aquele que amo…)Décio Marques, Diana ainda é uma mulher linda, com seus 50 e tantos ballões de anos. Ela continua solta soprando o vento.  As vezes aparece pelo nordeste fazendo uns shows lindos. Abaixo a música Blowing in the wind… que é muito mais que uma tradução de Bob Dylan…É vida….

Clique no nome da música para baixar o disco.

BLOWING IN THE WIND- DIANA PEQUENO

Quantos caminhos
Um homem deve andar
Pra que seja aceito como um homem

Quantos mares
Uma gaivota irá cruzar
Pra poder descansar na areia

Quanto tempo
As balas de canhões explodirão
Antes de serem proibidas

The answer my friend
is blowing in the wind
The answer is blowing in the wind

Quantas vezes
Deve um homem olhar pra cima
Para poder ver o céu

Quantos ouvidos
Um homem deve ter
Para ouvir os lamentos do povo

Quantas mortes
Ainda serão necessárias
Para que se saiba que já se matou demais

The answer my friend
Is blowing in the wind
The answer is blowing the wind

Quanto tempo
Pode uma montanha existir
Antes que o mar a desfaça

Quantos anos
Pode um povo viver
Sem conhecer a liberdade

Quanto tempo
Um homem deve virar a cabeça
Fingindo não ver o que está vendo

The answer my friend
Is blowing in the wind
The answer is blowing in the wind